Logotipo Governo do Estado do Espírito Santo

Governo do
Estado do Espírito Santo


Perguntas Frequentes

O que é o IPEM-ES?
É uma Autarquia Estadual que tem por objetivo executar a política metrológica e da qualidade de produtos e serviços a fim de assegurar proteção ao consumidor e a leal concorrência.
O que é aprovação de modelo?
É a decisão que reconhece que o modelo de um instrumento de medição ou medida materializada satisfaz as exigências regulamentares. Esta decisão é tomada após a realização da Apreciação Técnica de Modelo que consiste de um exame feito através de estudo da documentação, inspeção visual e ensaios em um ou mais exemplares do modelo, conforme definido nos Regulamentos Técnicos Metrológicos. Cabe ao Inmetro, através da Diretoria de Metrologia Legal, a execução do Serviço de Apreciação Técnica de Modelo dos instrumentos de medição e das medidas materializadas que estão sujeitos aos regulamentos que são elaborados pelas Comissões Técnicas de Regulamentação Metrológica.
A balança é submetida a verificação metrológica e a fiscalização ?
Sim. A balança é submetida a verificação metrológica e a fiscalização no Espírito Santo é realizada pelo IPEM-ES e no caso de atendimento a legislação metrológica, os instrumentos receberão a marca de verificação, indicando o seu prazo de validade.
Qual é o objetivo das verificações metrológicas em balanças?
As verificações metrológicas tem por objetivo constatar a conformidade com o modelo aprovado, bem como verificar se os instrumentos cumprem com os erros máximos permitidos, além de observar as marcas de verificação e plano de selagem. A validade da verificação é de 1 (um) ano, conforme estabelece o item 11.1 do Regulamento Técnico Metrológico.
A balança pode ser verificada antes do vencimento do prazo de verificação?
Sim. O período de validade da verificação expira prematuramente se: o instrumento não cumpre com os erros máximos tolerados em serviço; se foram feitas modificações as quais podem influenciar as propriedades metrológicas do instrumento ou dilatar ou restringir sua destinação de uso; as designações prescritas do instrumento são trocadas ou é aplicada uma designação, inscrição, grandeza ou graduação indevida ou não permitida; a marca de verificação principal ou uma marca de selagem está irreconhecível, obliterada ou removida do instrumento; o instrumento está conectado a um equipamento acessório cuja junção não é permitida, ou a venda e colocação em operação do modelo do instrumento é proibida naquele momento.
Onde solicitar inspeção em bomba de combustível?
Solicitamos registrar seu pedido junto a Ouvidoria do IPEM-ES, através dos telefones: 0800 039 1112 ou por e-mail: ouvidoria@ipem.es.gov.br, ou na sede administrativa do IPEM-ES, na Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1595, Ilha de Monte Belo, Vitória-ES.
Onde posso obter a lista de empresas certificadas com ISO 9000?
A lista das empresas com certificado ISO 9000 encontra-se disponível no site do Inmetro através da base de dados de empresas certificadas ISO 9000. Para conseguir a senha de acesso é necessário contatar o CB - 25 (Comitê Brasileiro da Qualidade), através do telefone : (21) 2532-5272 ou 2220-6631 ou pelo e-mail: catalogo@abntcb25.com.br
Qual o prazo para recarga de extintores de incêndio?
Os extintores de CO2 devem passar por inspeção técnica a cada 06 meses, que avaliará as condições externas do mesmo e sua carga, por meio de pesagem. Se houver perda superior a 10% da carga nominal declarada, a recarga deve ser efetuada. Os extintores com carga d`água, espuma mecânica e pó para extinção de incêndio devem ser submetidos à manutenção de 2º nível a cada 12 meses. Para extintores de CO2, fica a critério e responsabilidade da Empresa de Inspeção Técnica e Manutenção de Extintores de Incêndio a realização da recarga a cada 12 (doze) meses. Entretanto, deve ser respeitado o prazo máximo de 5 (cinco) anos para a recarga. Porém, se houver perda superior a 10% da carga nominal declarada, a recarga necessariamente deve ser efetuada. Quando o extintor de incêndio estiver submetido a condições adversas ou severas, ou ainda se for indicado por uma inspeção técnica, o intervalo de manutenção pode ser reduzido ou, ainda, a manutenção de 3º nível pode ser efetuada. Nota: A manutenção de 3º nível é executada, normalmente a cada 05 anos. Mas danos térmicos ou mecânicos, bem como corrosão acelerada, identificadas por uma inspeção técnica, pode antecipar a mesma.
O manômetro é obrigatório em extintores?
Os extintores de água e de pó químico devem ter o manômetro. Os extintores de CO2 não necessitam de manômetro.
Quais são os benefícios do Gás Natural Veicular?
O Gás Natural Veicular é um dos mais seguros, mais limpos e menos tóxicos entre os combustíveis. Alguns itens devem ser ressaltados, são eles: - Como é mais leve que o ar, se dissipa rapidamente na atmosfera, reduzindo qualquer risco de explosão ou incêndio; - O cilindro que armazena o combustível é de 8mm de espessura e não possui emendas nem soldas, sendo assim resistente a choques e colisões; - O kit GNV possui um dispositivo de segurança que fecha a válvula automaticamente, minimizando qualquer tipo de vazamento; - Devido a sua composição, ele produz uma queima mais limpa e uniforme, portanto, de pouco impacto sobre o meio ambiente e o veículo convertido para o GNV passa a ser bi-combustível.
Qualquer veículo pode ser convertido para o Gás Natural Veicular?
Sim. Porém deve ser avaliado todo o sistema original para que não haja danos ao desempenho do veículo.
2280 visitantes